31983028527

NO AR

Louvores Eternos 2 edicao

www.radiooraisemcessar.com

Brasil

Eleições 2018 Afloram o Lado Parcial da Imprensa Brasileira

Publicada em 22/09/18 as 08:07h por Rádio Orai sem Cessar - 81 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

A Manipulação da imprensa sobre o Eleitor  (Foto: Rádio Orai sem Cessar)

Em toda eleição que já houve no Brasil até este ano de 2018 raros tem sido os posicionamentos da mídia em favor de um candidato ou partido politico; diríamos que até tem sido divido os posicionamentos e muitos tem sido neutros nas campanhas que nos últimos 20 anos tem sido polarizadas entre PT e PSDB.

Com os recentes escândalos de corrupção e um crescimento frenético de questões anti-família como aborto, legalização de drogas e até mesmo vitimização do bandido muitos eleitores buscaram uma nova via política daí surgiu o nome de Jair Messias Bolsonaro, um deputado ex-militar, cristão que defende valores familiares e conservadores. Mas seriam esses os valores que incomodaram muita gente?

Bolsonaro cresceu demais a ponto de liderar todas as pesquisas e até mesmo aquelas que sempre estão sob suspeição como as do datafolha deram alguma margem ao candidato, esse foi o gatilho para começar as perseguições. A Primeira Matéria que Realmente chamou a atenção foi a da Revista Veja, que nos últimos anos tem atentado a fazer denúncias ou rasgados elogios aos presidenciáveis do PT e PSDB em 8 de outubro de 2017 veio com a reportagem de Capa: "A Ameaça Bolsonaro" daí para frente foram varias capas mas todas trazendo o candidato como um perigo caso ele seja presidente.

Mas o que mais chamou a atenção nessa campanha contra o candidato Bolsonaro assumido pelos principais grupos de mídia do Brasil, Tv Globo, O Globo, Veja, Folha de São Paulo, Zero Hora, Yahoo entre outros foi o implemento de uma imagem de que o candidato era misógeno, homofóbico, racista e até mesmo ditador usaram o fato de ele ser ex-militar para liga-lo a ditadura, passaram a distorcer suas falas e usar muito de suas falas fora do contexto, dois exemplos prático que cito usaram a entrevista dele no programa da apresentadora Luciana Gimenez para justificar uma suposta misogenia, em uma pergunta a apresentadora disse se ele achava que mulheres deveriam ganhar mais do que os homens, ele justificou que não e que no serviço público já é igual porém na iniciativa privada devido a fator custos empresários diferenciam salários, aí a apresentadora preguntou se ele fosse empresário se ele pagaria menos, ele então disse que se o custo fosse maior sim aí passaram a usar essa frase, mas ele podenrou depois que tudo depende de custos pois a visão do empregador visa o lucro, mas que a visão dele tendo as mesmas funções e mesma produtividade não havia motivos para ter diferenciação. Outro episódio que cito é sobre a acusação de racismo, onde em uma visita há um quilombo ele notou que aquele quilombo era improdutivo e que vivia de verbas do governo e ninguém ali trabalhava para que suas terras fossem produtivas, usou o termo arrobas para expressar que muitos que estavam ali naquele quilombo visitado estava com sobrepeso, mas o fato dele se expressar em arrobas foi utilizado como pejorativo pela mídia e ainda é.

O fato que a Mídia em Geral em especial as citadas aqui estão indo forte para cima do candidato Bolsonaro e os Candidatos Gerlado Alkim e Fernando Hadad ambos envolvidos em varias investigações de corrupção pouco tem sido explorado por esses órgãos de mídia. hadad por exemplo tem se beneficiado por sua não exposição na mídia por seu partido ser apontado na lavajato como uma organização criminosa disfarçada de partido político e por ele ser alvo de várias investigações, essa baixa exposição e a campanha anti-bolsonaro liderada pela imprensa tem feito o candidato crescer nas pesquisas mesmo o PT ter demorado a efetiva-lo como candidato da ORCRIM.

Mas porque Bolsonaro causa tanto medo? ele vai torturar matar? Não!!! tudo isso é porque ele ameaçou cortar verbas publicitárias, abrir a caixa preta do BNDES. Sua eleição pode expor muitos mal feitos dos governos passados que ainda estão escondidos porque há um rígido controle da policia federal, e os governos de PT e PSDB sempre são generosos com as mídias brasileiras em publicidade em especial pelas estatais Petrobras Caixa e banco do Brasil que estão entre os maiores anunciantes do Brasil, isso sim preocupou os donos desses canais de mídia o que autorizou seus chefes de redação e demais funcionários a fazer um verdadeiro massacre contra o candidato Bolsonaro a ponto de deixar por baixo dos panos todos os mal feitos de PT e PSDB e exemplo bem notório disso sãos as Candidaturas de Geraldo Alkim e Fernando Hadad que estão em alta e de Dilma Rousself em Minas Gerais para o Senado; todos sendo beneficiados pelo ostracismo da imprensa brasileira. Nunca foi tão forte e pesado uma campanha contra um candidato desde a nova constituição de 88. Isso levou a muitos mesmo sem conhecer a história de Bolsonaro a odiá-lo a ponto de um homem tentar mata-lo com uma facada coisa que nunca aconteceu antes. Ética e Moral foram jogadas no lixo para defender interesses pessoais de empresários que dominam as mídias do Brasil desde o período chamado de ditadura militar segundo alguns historiadores.






Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Enquete
Você Vota Em Um Candidato que não é Cristão?

 Sim
 Não
 Para Mim Ser Cristão não é importante
 As Vezes







.

LIGUE E PARTICIPE

31983028527

Visitas: 3608
Usuários Online: 7
Copyright (c) 2018 - Rádio Orai sem Cessar - Baixe o Aplicativo radiosnet e ouça nossa Rádio pelo seu celular